E de escola, estresse e inEsquecível

E de escola, estresse e inEsquecível

Não me destacava entre tantos rostos, muito menos em meio a cérebros tão geniais. Costumava sentar-me no canto torcendo para que não me vissem, pois, a minha missão sempre foi me passar por invisível. Pra alguns é alegria, amigos e diversão, no entanto, o medo era a única coisa que surgia em minha cabeça quando pensava em escola.

Recordo-me de pegar provas com números embaralhados e pensar que eu era a pessoa mais burra do mundo. Todo mundo entendia uma conta simples ou um problema de lógica e lá estava a pequena menina, a que nunca sabia de nada. Durante muito tempo lutei contra os números, principalmente porque conforme se cresce eles tem mais peso. Quando parei de batalhar contra eles, senti-me talvez não melhor, mas supostamente aliviada.

Uma vez, a professora de artes da sexta série disse que a escola é uma preparação da sociedade. Naquele mesmo dia, comecei a articular como seria eu 7 ou 8 anos a frente, sendo quase adulta mas não muito, corajosa e muito boa em matemática. Felizmente, eu aprendi que a vida é muito mais do que uma sala de aula.

Todo esse estresse com uma prova, o trabalho não feito, a briga entre grupinhos… toda essa coisa tão High School vai acabar, e por mais que eu sempre tenha falado que nunca iria sentir falta de nada, quando penso no final só consigo desejar que ele recomece de novo. Não é pela a responsabilidade, nem pela as contas que sei que vou ter de pagar, mas sim pela ingenuidade, o espírito jovial tão inocente de acreditar que 5 em uma prova de física vai acabar com a sua vida; E todos os sorrisos, as risadas, as coisas que só você sabe que aconteceram.. bem, elas não vão voltar.

Essa é a escola, o lugar onde você deseja não estar quando você está, mas deseja estar quando você já não está mais.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.