Borboletas

Borboletas

Borboletas…

ah, elas voam para longe com suas asas; multicoloridas ou de uma só cor, não importa, pois sempre continuam voando. Pequenas criaturinhas, começam como lagartas e se desenvolvem em um processo de metamorfose. A transformação de algo pequeno em uma linda e complexa mágica da natureza.

Borboletas no estômago, no pâncreas, no coração. Nascem como pequenas lagartinhas, se escondem em seus casulos, em negação, com medo de revelar-se e se perderem no mundo.

Borboletas; nascem, se desenvolvem, crescem e morrem.

O nascimento de borboletas são como os nossos sentimentos; um processo lento, de transformação e fascinante. Ás vezes, a vontade é de nunca tirá-los do casulo, mas alguma hora eles sairão. Alguns voarão longe e alcançarão a glória, outros não sobreviverão a maldade dos predadores… mas a natureza é assim, ela sabe que alguns precisam morrer para que outros possam nascer.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.