Contos de uma alma solitária

Contos de uma alma solitária

          Centenas de perguntas a serem respondidas, milhões de deveres para serem feitos, bilhões de semanas de provas por vir e você aí, se perguntando onde está o amor da sua vida?

Ufa, achei que fosse só eu, que alívio!

Nos filmes de romance as coisas acontecem de forma bem engraçada… sei lá, parece que todo mundo está na hora certa, no momento certo e no dia certo pra conhecer o amor da vida deles. Ok, aposto que você está pensando “Claro que sim, é um filme”.. tudo bem, eu também acho que é pura ilusão capitalista pra que nós, românticos de plantão, possamos continuar a criar ideais de pessoas que nunca vão existir. No entanto, naqueles dias frios – mentira, no calor também – onde a solidão bate na minha porta, faço aquela famosa pergunta…

Por que nunca aconteceu comigo?

Quer dizer.. o que tem errado com a minha pessoa? Será que sou baixa demais? Não, já sei.. séria demais, é isso! Mas espera, também pode ser a cor do meu cabelo…ou, não, não.. aposto que é a minha raiva por uva passa.. ok, desisto!

Afinal, por que o amor da minha vida está demorando tanto?

Eu costumava acreditar que todo mundo – e com todo mundo, quero dizer todas as 7 bilhões e uns quebradinhos do planeta – tem sua alma gêmea. Não estou falando de outras vidas, porque apesar de acreditar nisso, o ponto que quero chegar é que antigamente, para mim, todo mundo tinha sua pessoa perfeita, mas a diferença é que nem todas conseguiam achar. Agora, nesse momento, nesse ano de 2016, eu acho que tudo isso é uma besteira total.

   É brincadeira, eu ainda acredito nisso, principalmente no amor.. mas talvez não comigo, porque acho que o objetivo da minha vida não é casar e sim levar a minha vontade de escrever a outros patamares. A conclusão disso, é que dessa vez não vou te dar um conselho sobre isso, porque na verdade nem eu mesma sei do futuro. Honestamente, não sei qual é a fórmula secreta pra achar alguém ou pra ter o amor da sua vida, mas posso te dizer uma coisa;

Essa pessoa que você cria na sua cabeça, não existe. Os filmes, os livros, poesias – ou sei lá mais o que pode iludir a gente – só são uma visão romântica e idealizada de alguém que na verdade não é real. O seu cara ou a sua garota “perfeita”, pode ou não aparecer, mas isso não significa que você não vai ser feliz.

Minha mãe sempre me disse que o amor só vem pra quem está preparado. Portanto, se nós, que ainda estamos sozinhos e desejando alguém pra compartilhar nossos momentos, ainda não encontramos as pessoas certas, é porque não é a hora, nem o momento certo e nem o dia certo.

Mas quando será, então?

Disso ninguém sabe ainda.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.