De pouquinho em pouquimho, tiraram minha paz 

De pouquinho em pouquimho, tiraram minha paz 

Começou com uma pedrinha em minha pequena janela de vidro, que rachou instantaneamente

Após isso, um tijolo despedaçou quase todo o meu vidro do carro.

Na última tacada, acertaram-me em cheio na cabeça,

com ódio

E eu jamais aprendi a amar novamente.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.