Desistir requer coragem?

Desistir requer coragem?

Para alguns desistir é ser covarde, é, talvez, abandonar a si mesmo. De fato, desistir é fácil quando não se tentou de verdade, porque neste caso a barreira foi criada pela a própria pessoa. No entanto, há situações em que as fontes estão tão esgotadas que a única solução é ceder.  Será que desistir é um ato nobre? Uma vez, vi um filme onde o cara desistia da mulher para deixá-la ir com a pessoa que amava, mas então percebi que ele não desistiu só pela a amada, mas também por si mesmo. É isso… tudo o que o personagem se deu conta é que deveria pensar NELE também. O que isso causou no próprio psicológico? Valeu a pena mesmo desgastar-se por isso tudo? Costumo dizer que nenhuma experiência é jogada fora, pois, todas trazem um aprendizado junto.

Porém há aquelas pessoas que desistem antes mesmo de tentar, então não se desistiu de nada, uma vez que não havia algo para se desistir. Se chegas derrotado, terá a derrota. E isso se aplica em todas as áreas da nossa vida, especialmente porque vão haver situações em que teremos que saber a hora de continuar e a hora de parar.

A palavra desistir não é somente aplicada a covardes, porque em muitos episódios de nossas vidas ela é sinônimo de coragem.

Tem que ter muita coragem pra desistir da profissão que SUA FAMÍLIA acha boa, para seguir OS SEUS SONHOS.

Tem que ter muita coragem pra se afastar de alguém que está muito tempo em sua vida.

Tem que ter muita coragem pra ir contra o que todo mundo pensa que é certo.

Tem que ter muita coragem pra abrir mão de certas coisas para que se possa conquistar outras.

Tem que ter muita coragem pra começar do zero.

Tem que muita coragem pra mudar.

Tem que muita coragem pra desistir.

Então antes de desistir, pense se é questão de coragem ou de acomodação.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.