É tarde demais

É tarde demais

Quando as luzes se apagam você resolve valorizar a luz, sentir falta do brilho que o iluminava.

Quando a chuva caí você sente falta do sol, mesmo tendo reclamado dele a tarde inteira.

Quando o tempo acaba você reclama que não conseguiu, ainda que nem ao menos tenha tentado.

Você percebeu, se deu conta que é tarde demais? Andou por toda a estrada, percorreu todo esse caminho para finalmente notar o que já se foi?

Perdemos coisas, amores, pessoas. Abandonamos lembranças, sentimentos, momentos, mas nos queixamos do que não volta mais. Somos ingratos e questionamos o silêncio.

Você não lembrou da data de aniversário, não se esforçou para ter um pouco mais de paciência, não se deu ao luxo de desculpar-se, não superou o orgulho para tentar voltar atrás. Você não notou ou não descobriu ainda, mas é tarde demais.

É tarde demais para amar agora que já se foi, deveria ter amado enquanto estava aqui.

Você deveria ter estudado, deveria sim.

Você deveria ter dito, sim, deveria.

Sim, você deveria ter feito milhões de coisas mas não fez.

Agora é tarde demais.

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.