João amava Teresa que amava Raimundo…

João amava Teresa que amava Raimundo…

Eu sempre me pergunto por qual motivo precisava tanto te agradar. Era necessidade de auto aprovação? Frustração? Bom, talvez isso tudo junto. Mesmo batendo a cabeça na parede milhões de vezes ainda sim insistia, porque “a dor valia a pena”. Descobri que eu não preencho suas expectativas e nem você as minhas, então ficar nessa situação é como esperar água em plena seca. Ainda que lhe dê colo, palavras reconfortantes, longos discursos motivadores, ainda sim, nem o céu é o suficiente, porque você quer isso tudo, mas não vindo de mim. E olha.. até que considero justo, porque o ser humano tem essa mania boba de esperar reciprocidade de pessoas que nunca, nunca, vão retribuir o seu carinho ou superar suas expectativas.

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.