Lá na terra de ninguém

Lá na terra de ninguém

Por que todos estão atirando?

Ferindo suas próprias carnes e derramando sangue em busca de paz?

Quantas bombas explodiram lá na terra de ninguém?

E quantas outras terão, até que não reste mais nada a ser destruído?

Não é só os prédios que estão em ruínas,  o mundo também é só destroços

Ele está de baixo da ganância e do individualismo do homem, que soterra todos os dias milhares de nós.

 

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.