Menina da letra A

Menina da letra A

Primeiro, cacheado
Cabeça baixa e voz trémula.
Depois, o liso
E a fera de vermelho.
A menina mulher que quer nadar,
mas tem medo de pular fundo.
A que me diz pra eu me amar,
mas não se olha no espelho.

Diga a ela que quem anda na linha sempre
Nunca conhece outros percursos.
Que mistério é bom mas só quando é uma essência
E que palavras sufocadas viram almas vazias.
Melodia de músicas antigas
Embaladas com a monotonia
De alguém que tem medo de falhar.

Ela esconde o rosto e o coração.
Onde pode dar 100 só dá 30,
Medo e pavor de descobrir?
Sim, ela pode.
Talvez ela só não queira saber.
Talvez ela já saiba.
O que não pode ver e a estrada tão distante
A que espera e ela adia porque não quer voar agora.
Ela chama quem a aquece e diz que está frio lá fora.

A menina com A, a que fecha a janela
Mas não sabe que é transparente.
A que afasta quem pode cuidar só pra ter o que falar
E pra ter o que sentir.
A que quer acabar logo e perde as melhores vistas
E esquece de olhar pra fora.
A menina com A, a que quer estar aqui
E só vive o agora.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.