R de Rancor

R de Rancor

Certas coisas nos marcam a vida inteira.

Alguns fatos da nossa vida nunca cicatrizam, eles apenas ficam ali, expostos e sensíveis para quem quiser ver.

E o pior: alguns sentimentos bons são transformados em coisas ruins e tóxicas para nós mesmos.

Esse texto não é algo sobre conselhos, é sobre escolhas. O que você vai ler talvez não tenha nada a ver contigo, mas muito provavelmente te fará pensar.

                                 Quando eu penso em tudo o que já fizeram pra mim, tenho raiva… não, na verdade tenho muito ódio. Não são coisas simples ou briguinhas idiotas de amigos, estou falando das mágoas, cicatrizes e de pessoas que me fizeram tão mal, a ponto de mudar a minha visão sobre alguma coisa. As pessoas me criticam por ser muito inflexível; No entanto, é algo do qual eu não tenho controle nenhum, infelizmente. Durante toda a minha infância eu ouvia e me calava, guardava para mim. Ao longo do tempo, isso foi acumulando e descobri que existia um grande “espaço de ódio” em um lugar onde só deveria caber o amor. Honestamente, eu posso te afirmar que as pessoas que não sabem perdoar na verdade são as que mais um dia sofreram e que no fundo, não conseguem se perdoar.

   Não sou uma pessoa perfeita, tenho pensamentos negativos ás vezes, sinto raiva e isso é normal. O que me irrita é a pregação daquela coisa de que “só tenho pensamentos positivos e sou alguém puro”. Eu duvido muito,  sinceramente. O ser humano, apesar de racional, ele é muito guiado pelo o instinto e principalmente pela a emoção, pelo o momentâneo, então é impossível que você não tenha tido UM pensamento ruim em toda a sua vida. Contudo, o objetivo das minhas palavras é dizer que cada pessoa no mundo tem sua forma de reagir em determinadas situações. Algumas, mais emocionais, vão absorver isso e talvez guardar para si… outras, mais práticas, irão deixar pra lá.

A verdade é que eu sempre quis ser alguém mais prático e que soubesse deixar as coisas pra lá, mas essa não sou eu. Sou movida quase 70% pela a emoção e dificilmente consigo não deixar transparecer o que estou pensando.

Perdoar é difícil , superar também, mas não se pode exigir algo de alguém que você feriu. Cada um tem o seu tempo e o seu jeito de lidar com as coisas.

No entanto, o perdão deve existir sim, porque remoer algo que te machucou, é como voltar todos os dias para o dia que aconteceu; vai sempre doer como a primeira vez.

 

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.