Se eu pedisse, você ficaria?

Se eu pedisse, você ficaria?

Eu sinto sua falta todos os dias, até mesmo nos dias que não são inteiros. Não são inteiros porque sei que não são com você. Mesmo sabendo que as coisas nunca vão voltar a ser como eram antes, a minha cabeça cria mil situações onde milagrosamente poderíamos nos encontrar, te despertando para a conclusão de que nós somos muito melhores juntos. No entanto, não é isso que acontece na vida real. Existem pessoas que vão embora, e ás vezes dói mais o fato de que nunca mais faremos outras memórias, do que realmente perder esse alguém. Mas e se eu te falasse a verdade, você me odiaria?

A grande e suja verdade é que eu mereço mais, na verdade, mereço bem mais. Não é por me achar, mas sei que fiz o que podia. É claro que tenho meus defeitos e isso nunca escondi de você, mas talvez a visão de que nós criamos um do outro nunca seja real, porque essa é a nossa realidade perfeita, mas esquecemos que a perfeição não existe.

Como em todos os meus relacionamentos, dei o meu coração, mas o problema de dar o meu coração é que sempre espero que o outro dê o dele também. Mas as coisas não acontecem desse jeito e descobri que as pessoas podem ser muito mais cruéis do que achei que fossem. Elas vão te usar, dizer coisas bonitas e prometer nunca sair do seu lado, mas a realidade mostra que nós estamos completamente perdidos quando o assunto é se relacionar. Temos tanta preocupação em sermos aceitos, amados, venerados, necessitados, que esquecemos de precisar, amar,venerar e necessitar a nós mesmos, antes de ter isso com alguém.

Eu cometi um erro e sabia o que estava fazendo, então ao contrário dessas pessoas, não sou covarde de dizer que a culpa é só delas, mas também é minha. Ajudei porque quis, abracei porque quis, amei porque quis e confiei porque quis. Quis isso porque é assim que funciono; amando intensamente e tentando buscar isso em alguém.

Porque quando estiver apertando uma mão, certifique-se de não seja a sua própria.

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.