Vai lá e passa

Vai lá e passa

Uma linha que decide o futuro inteiro. Linha reta, quase um ângulo de 90º graus. É simples, eles te dizem. E não há tempo para duvidar, deve-se querer. Quem não quer? É a entrada para o mundo adulto e saída do universo da liberdade. Prende-se a alma e a vende para alguém que vai explorar o que você sabe fazer ou que você precisa fazer pra sobreviver. Essa é a vida. É o sistema.
Mas bem… antes de chegar aqui pega aqueles livros, as tabelas, os poemas. Analisa, decodifica, decora as casas IA e IIA. Não esquece dos gases nobres, os que já estão instáveis! Na redação, diga o que eles querem ouvir. Deem soluções que você sabe que o governo nunca fará ou que são politicamente corretas. Dê sua alma e seu dinheiro para pessoas que não vão se importar se você estiver aqui ano que vem ,- novamente -, porque tudo o que fazem é comercializar seu sonho.
Sonho ou imposição? Será que é mesmo o que todos querem? Ou é necessário… um mal necessário?
E eles gritam, reclamam, dizem à você para se dedicar mais. Mais?!

Perde-se os amigos, os filmes no cinema, os shows e a season finale da série que ao vivo é mais emocionante. Perde-se 11 meses e energia o suficiente para não ter mais sanidade. Saúde emocional nota zero, disposição e sono em dia nota 0, média final nota 1000. E tudo bem, né? Isso que importa no final de tudo.

Revisa, revisa, revisa, boceja, reclama, revisa, revisa, cai de sono, fica de saco cheio, para e ouve reclamarem. Vai revisar!

E é simples assim. Talvez você esteja lá ano que vem, mas é só fazer tudo de novo, eles dizem. Dessa vez vai.

É só isso, meu filho.

 

Vai lá e passa.

 

 

 

 

 

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Tumblr
Comments are closed.